::COLUNA DA SABS::

Olá meu nome é Sabrina Kromberg, mas podem me chamar de Sabs ou Sasá… Fui convidada pela chata da Kikie para fazer parte do blog. E eu louca aceitei o desafio de escrever colunas aqui! hahahahaha

Bom vou falar de tudo um pouco também. Não gosto de falar de um assunto em especifico aparentemente. Prefiro abranger em outros assuntos e ser eclética.

Mas vamos ao primeiro assunto que irei falar hoje!! Há 10 meses atras eu parti para o meu primeiro intercâmbio. Sempre quis fazer uma loucura dessas e ano passado com muito esforço consegui! Vou contar aqui a experiência do que é ser intercambista em um país diferente em um continente diferente! Vamos lá?

fotosparte01FOTO 01 | FOTO 02 | FOTO 03 | FOTO 04 | FOTO 05

[Escolhendo o Destino]

Resolvi que o destino do meu primeiro intercâmbio seria na Irlanda, na sua capital, Dublin; Por 3 questões: A Irlanda é o pais mais “barato” de se fazer um intercâmbio, é também mais fácil de entrar por “não precisar de visto” no momento da entrada na imigração, no aeroporto e por motivos pessoais há tempos eu já queria fazer intercâmbio na terrinha dos Leprachauns (leia-se duendes hahaha). Fui como turista em 2010 e amei literalmente a cidade, o clima, o povo, etc… Resolvi que queria morar por lá “forever” !hahahahaha Sim eu sou exagerada !

[Escolhendo a Agência e o Curso]

Escolhi uma agência de intercâmbio não muito popular para comprar o pacote de viagem juntamente com o meu curso! Certo. Comprei o programa de 6 meses de curso, mais 6 meses de férias igualando 1 ano de intercâmbio. O pacote incluía as passagens, o curso e seus derivados que voce obrigatoriamente precisa comprar para poder estar legalmente na Irlanda, como seguro saúde europeu válido por um ano.

Nesse LINK  vocês podem ter uma ideia de quanto deve gastar na compra de um curso de inglês, bem como os derivados de obrigação que o intercambista tem que comprar; e claro para fazer as contas na diferença entre os outros países!

[Chegando na Irlanda, o que é necessário?]

Embarquei no dia 22 de Junho de 2012 no aeroporto de Guarulhos em São Paulo. São de 12 a 13 horas de viagem – juntando as horinhas da conexão para pegar o voo para Dublin, (no meu caso a minha conexão foi feita em Amsterdan – Holanda)! Chegando lá, temos a temida imigração no aeroporto. Que não é um bicho de 7 cabeças como muitos temem.

Mas ao chegar em Dublin, o intercambista deverá se apresentar na imigração do aeroporto, tendo em mãos:

* passagem de ida e volta

* seguro saúde europeu, válido por um ano

* uma carta da escola, comprovando sua matrícula (isso a agência de intercambio no Brasil, já providência antes do dia do embarque do estudante)

* carta de acomodação estudantil (no caso se o estudante for ficar em alguma acomodaçao estudantil, se for ficar em host family, será a família que terá que enviar a carta de acomodação direto para o estudante, assinada a mão)

* passaporte com no mínimo 1 ano de validade, após a entrada no país
Também tem que ter um comprovante de depósito na quantia de 3000 euros no seu VTM (Vista Travel Money) que você irá utilizar para retirar dinheiro ou no seu cartão de crédito internacional. O fiscal da imigração quer ver mesmo, que você tem condições como ficar legalmente no país. E responder as perguntas do fiscal que ele fizer para você. Responda somente o necessário, se não souber inglês muito bem, é só pedir uma pessoa para traduzir do português para o inglês. Na maioria das vezes o fiscal pergunta quanto tempo você irá ficar no país, porque está no país, se conhece alguém no país, o que pretende fazer no país, e outras perguntas dessa forma!

Apresentando esses documentos, e respondendo tudo certinho o que o fiscal perguntar, o fiscal da imigração irá carimbar seu passaporte com validade para 1 mês, na maioria dos casos. Este é o tempo que você deverá tirar o seu visto definitivo já dentro do país.

Você pode ver NESTE LINK o que é necessário para obter o visto definitivo válido por um ano. O estudante brasileiro, tem direito a visto como intercambista por 3 anos – renovando todos os anos – E depois somente se quiser cur

sar um curso de graduação por 4 anos. No total o estudante brasileiro pode ficar legalmente no país e por 7 anos ou mais depende de quanto tempo será o seu curso de graduação. São 3 anos com curso de inglês e 4 anos com curso de graduação.

Entrando nesse site aqui: http://www.e-dublin.com.br/ vocês obtém todas as informações necessárias para fazer o seu intercâmbio. Tem vídeos com intercambista experientes falando sobre e como obter a documentação necessária para ficar legalmente no país.

Mas existem outros sites relacionados também:

http://www.wice.com.br/ | http://dublinparabrasileiros.com/ | http://www.blogintercambio.com.br/ (esse aqui não é só sobre intercâmbio na Irlanda, tem outros países também)

Posso dizer que a minha experiência com esse intercâmbio, me mudou para melhor e posso ter outras oportunidades futuramente para outros intercâmbios com mais durabilidade e experiência de vida! Voltei há um mês pro Brasil, por motivos pessoais e creio que volto para Irlanda agora ano que vem apenas para visitar e turistar… rsss

Eu aconselho cada um fazer pelo menos um intercâmbio na vida! E finalizando a coluna, posso dizer que o investimento em um intercâmbio é o melhor investimento que você pode fazer para você mesmo. Pois além de conhecer um outro país, aprender outra língua e conhecer outra cultura, você vai estar aprendendo coisas novas, fazendo novos amigos, conhecendo lugares maravilhosos que nunca imaginou que iria conhecer.

Até a próxima vez, em outra coluna !!!!
Sabs!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s