::: Queridos ex amigos :::

Bom dia lindezas da ruiva ❤ Como foram de fim de semana? Espero que todos bem.

Andei pensando um pouco (xiiii) e decidi fazer algumas mudanças no Blog, já que não trato de um assunto específico e amo escrever (já perceberam pelas resenhas). No mínimo uma vez por semana estarei com textos de minha autoria sobre algum assunto ou até algum momento da minha vida.

Acho interessante colocar em um Blog coisas diferentes de tutoriais e dicas do que comprar, é interessante saber que por trás de um Blog e Redes Sociais existe uma pessoa de verdade né? Espero que vocês gostem dessa ideia e que acompanhem os meus textos, se não gostarem podem comentar a vontade, apesar de detestar ler algo negativo (acho que ninguém curte né?) é sempre bom deixar o espaço aberto à todos. ❤ xx

tumblr_static_79bfc7275b881768a8db188776662549-thumb-800x400-86603

Queridos ex-amigos,

Eu não sou ansiosa como você ou como qualquer outra pessoa comum que está ansiosa por algo, eu tenho um distúrbio ou sendo bem clara, uma doença.

Ansiedade é uma merda.

Não posso estar presente a todos os eventos que me convidam e não é por falta de vontade como a maioria acha. 

Eu não acordo tarde. Levantar as 10 da manhã não me faz uma pessoa dorminhoca, folgada ou preguiçosa, é que meu sono só conseguiu chegar até mim as seis da manhã quando o mundo acordava, ou seja, eu durmo muito menos que você.

É uma droga querer fazer algo e o simples fato de planejar já te deixar ansioso, pois é, o ansioso tem ansiedade da própria ansiedade, meio louco não? Me desculpe, mas eu não sei controlar meu cérebro.

É horrível pensar por horas que uma tentativa de conversa com você pode ser irritante, que vou te deixar bravo comigo ou que vou te afastar de mim para sempre. Se você demorar para me responder ou for seco comigo eu já entendo que estraguei tudo, o que na verdade eu já sabia que ia acontecer desde o começo quando estava horas pensando na conversa.

Penso demais, até cansar. Até me sentir exausta de tanto pensar e me magoar com meus próprios pensamentos. A ansiedade incomoda, ela te proporciona dores físicas horríveis, taquicardias e até te leva ao pânico. Eu não escolhi ter isso, acredite. Não existe um botão on/off e não é drama como sempre escuto.

Acredite, eu não desejo isso nem às pessoas que um dia já me desejaram o mal ou fizeram algo de ruim.

Sei que você ao me ver assim não entende, me desculpa.

Como tudo na vida tem dois lados, meu distúrbio pode me mostrar que eu sou muito forte ao contrário do que meu cérebro me fala, me mostrou toda a vontade que existe dentro de mim e me mostrou a pessoa que você não é.

Vi que você não conseguiu ser o amigo que ficaria comigo nos meus piores momentos, só os bons serviram.

Você não foi o amigo que ficou comigo até as cinco da manhã explicando que o mundo não me odeia. Você não foi o amigo que correu atrás de uma água quando eu fiquei transparente e apenas me falou “se você desmaiar eu estou aqui”. Você não foi o amigo que escondeu os objetos cortantes e disse “se você se machucar eu também me machuco”.

Mas você foi aquele que disse que eu era algo que você não sabia lidar. Que me deu seu silêncio e se afastou quando eu mais precisei. 

Você passou o fardo de ser meu amigo para outra pessoa e mais uma vez classificou como drama e como algo que eu poderia mudar, que era só tentar, tudo muito simples e que eu não queria fazer.

Você é o amigo que não é mais.

Mas sabe… obrigada.

É bom saber que de fato você não era meu amigo, se não fosse pela ansiedade eu não saberia. Eu sei hoje quem são os poucos amigos já que diminuíram drasticamente. Eu sei que também tenho a mim, mesmo com o meu pensamento tentando me sabotar 24 horas por dia.

Percebi que posso cair (literalmente), que posso me machucar mas em pouco tempo também posso me levantar, com ou sem ajuda, eu posso voltar a caminhar com as minhas próprias pernas.

Eu vivi 100% os meus piores momentos e aproveito 100% os que são bons, nunca sei quanto tempo ambos vão durar.

Então obrigada por sumir, por não querer segurar a minha mão, por se afastar, por não ter mandado mensagem e não ter se importado. Acho que não tem espaço para você no meu mundo.

Eu não te desejo o mal de verdade, espero que fique com Deus.

Um beijo, 

Sua ex-amiga.

 

 

 

[texto feito a partir do desabafo do sair da depressão]

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s